» Início  |  » Favorite  |  » Recomende  |  » Contatos

 

 

Assine o Boletim Evangélico. Escreva seu e-mail

 

 

Powered by Goocrente

Ajude a Divulgar Nosso Site

 

 

 

» Canais


Página Inicial

Marketing Online

Anunciar no Google

Artigos

Blogs

Cartoes Virtuais

Cifras Gospel

Curiosidades Bíblicas

Destaques

Downloads

Fórum

Imagens Gospel

Jogos Biblicos

Literatura

Mensagens

Ministerio Infantil

Mulher

Musica Gospel

Notícias Gospel

Papeis Parede

Pedido de oração

Piadas e Humor

Quiz

Recadinhos

Saúde

Teatro

Variedades

Videos Gospel


» Mensagens


Adoração

Amor / Romance

Chocantes

Dança

Evangelismo

Finais dos Tempos

Jovens

Missões

Namoro

Poemas / Poesias

Polêmicas

Sexo

Mapa de Artigos

Testemunhos


» Para seu site


Conteúdo Grátis

Parceiros

Publique Nossos Textos

Troca de links

Utilitários grátis


» Especiais


Aprenda Piano

Goocrente

Sexo Cristão

Ministério Adorazione

Profecias Brasil

Criciúma

Igreja Batista

Artigos


Link-nos

 

Estudos Biblicos e Artigos Gospel

 


Reciprocidade nos Relacionamentos
Estudo Biblico por Antônio Francisco

Aqueles que me ouvem e se relacionam comigo, sabem que uma das palavras que mais tenho pronunciado e defendido é “relacionamentos”. Como nunca antes, tenho entendido que ser igreja é se relacionar. Igreja é relacionamento. Sem isso, a igreja pode ser uma associação, um clube, uma organização, menos Igreja de Jesus Cristo.

Ao bater os olhos na passagem bíblica de Gálatas 5.26-6.10, veio-me à mente um esboço excelente sobre a reciprocidade nos relacionamentos. É uma seqüência interessante na dissertação do apóstolo Paulo:

1. Como não se relacionar (Gl 5.26). Antes de dizer como se relacionar, precisamos saber como não se relacionar. Não devemos ser presunçosos, pois isso nos leva a provocar e ter inveja dos outros. Uma pessoa presunçosa tem uma opinião falsa de si mesma. É convencida e faz uma de duas coisas: provoca os outros ou os inveja. Pessoas presunçosas têm de si sentimentos de inferioridade ou superioridade. Isso bloqueia qualquer relacionamento que deve ser marcado pelo serviço mútuo.

2. A reciprocidade com um irmão em pecado (Gl 6.1-5). Essa passagem toca num ponto deveras interessante. Como lidar com um irmão em pecado? Infelizmente a igreja é culpada de ser o único exército que deixa os seus feridos para trás, devido sua imaturidade. Mas somos ensinados que as pessoas espirituais (maduras) é que devem lidar com um irmão em pecado. Devem procurá-lo para restaurá-lo numa atitude de mansidão. Cada um deve cuidar de si mesmo, mas devemos ajudar uns aos outros.

3. A reciprocidade entre irmãos e líderes (Gl 6.6). “O que está sendo instruído na palavra partilhe todas as coisas boas com aquele que o instrui”. A Bíblia é detalhada em orientações de como as ovelhas devem tratar seus pastores. Eles dão o alimento espiritual e devem receber o cuidado material (1 Co 9.11, 14). São dignos de dupla honra e merecem um salário justo (1 Tm 5.17-18). Devem ser amplamente supridos (Fp 4.18), considerados, amados e tidos na mais alta estima (1 Ts 5.12-13).

4. A reciprocidade entre nós e Deus (Gl 6.7-9). Ninguém deve se enganar achando que pode zombar de Deus por fazer o que quiser evitando as conseqüências. Somos livres para escolher o que fazer, mas os resultados estão em outras mãos. Colheremos sempre conforme a semeadura que fizermos. Quem semeia para a carnalidade, colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, receberá benefícios eternos. Tudo tem resultados eternos. Tudo é feito diante de Deus. Isso é inevitável.

5. A reciprocidade entre os irmãos na igreja (Gl 6.10). Relacionamento tem tudo a ver com as oportunidades. Perdemos muito por não aproveitar ocasiões favoráveis para servir ao próximo e aos irmãos na fé (Tg 2.15-16). Não devemos deixar de fazer o bem a quem precisar de nossa atitude bondosa. Devemos fazer o bem a todos (Pv 3.27), mas, especialmente aos da família da fé, devemos compartilhar o que temos. Não deveria haver necessitados entre as pessoas da igreja (At 4.32-37).

Conclusão. Minha oração é para que Deus nos encha de uma santa insatisfação com essa maneira superficial de viver a vida cristã. Ninguém conhece ninguém na igreja. Nos programamos para ficar olhando para a nuca uns dos outros, ouvir, sorrir e dizer que tudo vai bem e irmos embora. Os sentimentos, as dificuldades e lutas pessoais são problemas de cada um. Quando vamos romper com essa vidinha? Pode começar hoje.

Que Deus nos abençoe
Antônio Francisco
http://www.achologia.com
prantoniofrancisco@gmail.com


Gostou deste texto? Envie a um amigo!


Publique Artigos

Opine


O que você acha da Rede Record?



Prega princípios bíblicos
É uma mistura entre secular e cristão
É uma emissora como outra qualquer


    resultados

 

 Busca e Pesquisa Evangélica

 

Ouça o CD que têm causado milagres e transformação no Brasil! Ramon Tessmann 2009

 

 

Política de Privacidade    Mapa do Site    Quem Somos    Contate-nos   

Copyright © Since 2006 LinksdeJesus.com

Mais: Downloads  Pregação  Videos  Orkut Gospel  Estudos  Poesias Amor